2da

blog

DE INCONFORMISMO A MODELO DE NEGÓCIO

22.janeiro.2016

Modelos de negócios que transformam indústrias são sobre ideais, sobre causas, sobre inconformismos que geram mudanças. Sobre rebeldes e profanos. Sobre hereges e revolucionários. Sobre líderes que levantam bandeiras.

Albert Einstein, Luther King, Napoleão, Thomas Edison, Da Vinci, Gandhi, Jobs.

Inconformados por natureza, carregam ideais, impõem uma nova ordem, criam novas realidades. Carregam ideias que de tão relevantes quebram padrões estabelecidos.

Quando uma bandeira é levantada e carregada, temos certeza que ela será expressa em toda e qualquer parte da empresa, de ponta a ponta do modelo de negócio, a começar pela proposta de valor.

A bandeira é carregada na proposta de valor quando reflete um inconformismo profundo que gera uma solução verdadeira que transforma mercados.

A bandeira é carregada nos produtos e serviços quando são únicos na experiência das equipes e dos clientes, nos detalhes, no design de produto, materiais, cheiro, funcionalidades, textura.

A bandeira ganha vida nos ambientes e canais ao refletir crenças e valores na forma como são configurados. Em suas propriedades, cor, textura, iluminação.

Em como os espaços de transição, de apoio, de convivência, de discussão são desenhados. Na orientação, ambiência, densidade e postura que inspiram.

A bandeira ganha vida em como as pessoas conversam quando tem conteúdo. No vocabulário e expressões, em como se atende o telefone, como se portam e lidam uns com os outros. Isso dentro e fora da empresa, entre equipes e clientes.

A bandeira ganha vida em quem se escolhe como parceiro. Ganha vida também nos recursos chave da empresa como também na estrutura de custos e receitas.

Quando uma bandeira é relevante e ganha vida de ponta a ponta no modelo de negócio é sinal que a empresa faz diferença. Sinal que não é mais refém do mercado. Sinal que está transformando uma indústria.

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn